(Comentário) “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, de J. K. Rowling

Harry Potter e a Pedra FilosofalTítulo: Harry Potter e a Pedra Filosofal

Autora: J. K. Rowling

Gênero: Infanto-Infantil

Editora: Rocco

Nº de páginas: 223

ISBN: 85-325-1101-5

É praticamente desnecessário explicar quem é Harry Potter, uma mania que começou a partir da década de 1990 e até hoje é amado por milhares e crianças e adultos. Eu comecei a me interessar pela estória do órfão Harry quando li a história de vida da autora, a Joanne Kathleen Rowling, mais conhecida como J. K. Rowling. A escritora estava na miséria e tinha acabado de ser mãe. Outrora ela era casada com um português e vivia no país ibérico, mas depois de roupantes de violência doméstica ela deu entrada no divórcio e retornou para o seu país natal, Inglaterra, para viver só com a filha. Elas mal tinham dinheiro para comer, muito menos para pagar por um aquecedor, então, para tentar esquentar sua bebê durante o frio inglês ela ia para uma cafeteria. Na tentativa de não ser expulsa do estabelecimento ela pedia somente uma xícara de café e enrolava a tarde inteira com a bebida. Para passar o tempo e parecer que estava muito ocupada passou a escrever as primeiras páginas de “Harry Potter e a Pedra Filosofal”.

Harry Potter e a Pedra Filosofal - 01

O enredo é sobre o garotinho Harry Potter, que órfão de pai e mãe é entregue ainda bebê para os tios, os Durleys, para ser criado. No entanto, por um motivo que ainda não lhe é aparente, os seus parentes não o suportam e o trata literalmente como um escravo. Certa tarde ele recebe pela primeira vez na sua vida uma carta, mas é proibido pelos Durleys de abrir. Com o tempo ele vai recebendo cada vez mais cartas, das formas mais inusitadas, até receber a visita do gigante Rúbeo Hagrid que resolve ele mesmo entregar a carta em mãos para o menino.

Harry Potter e a Pedra Filosofal - 02

Harry então descobre que é um bruxo, que os seus pais foram mortos por um terrível feiticeiro, tão temido que todos o chamam de Você-sabe-quem, mas que desapareceu após tentar assassinar Harry (não antes de deixar somente uma pequena cicatriz em forma de raio na testa do menino), o que leva muitos a crer que o bebezinho possuía algum poder especial. Por esse motivo no mundo mágico o garoto era bastante famoso, embora ele não fizesse a menor ideia. Ele acaba por saber também que o conteúdo da carta é um convite para ingressar na escola de feitiçaria Hogwarts.

Harry Potter e a Pedra Filosofal - 03

Eu não tenho nenhum apontamento negativo, para quem gosta de literatura fantástica e não tem preconceito algum com livro infanto-juvenil precisa ler “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, porque este volume compõe uma obra magnifica e rica. O resultado? Os vários fãs espalhados pelo o mundo. O livro virou um Best Seller merecidamente. A J. K. Rowling criou um universo divertidíssimo e que vale a pena ser explorado.

Anúncios